segunda-feira, 2 de maio de 2011

Autópsia do DPS


O que significa DPS?  A sigla DPS tem o seguinte significado: Dispositivo de Proteção Contra Surtos. Tem a finalidade de proteger os circuitos contra sobrecargas de tensão, atuando em conjunto com o disjuntor do circuito. A seguir temos o esquema de ligação:
Através deste layout podemos verificar a facilidade de instalação do mesmo e também entender o princípio do funcionamento, como pode ser observado o DPS não funciona isoladamente, ele necessita de um disjuntor ligado paralelamente, sendo assim o funcionamento fica desta forma: Quando a tensão de entrada sofre uma elevação brusca e de alta intensidade o DPS  atua formando um curto circuito no sistema, em conseqüência levando o desarme do disjuntor no qual corta a alimentação do circuito e assim protegendo o circuito da alta tensão.
Mas o que foi dito acima muita gente já conhece.  A parte tocante deste artigo é o que o DPS tem e que muita gente desconhece, principalmente os eletricistas que não tem conhecimento de eletrônica. Referindo-se ao título do artigo, é visto que trata-se do componentes internos do dispositivo em questão. 
Para quem já conhece eletrônica, pergunto, qual componente tem o funcionamento similar do DPS? Se respondeu o varistor, parabéns você acertou. Mas para quem não é muito fã de eletrônica, explico, o varistor é um componente à base de óxido metálico no qual a resistência em tensão nominal tende ao infinito e numa tensão elevada sua resistência diminui drasticamente o que leva o curto circuito e por conseguinte a queda do disjuntor ou a queima do fusível.
Você já pegou um DPS e verificou o quão leve é? Se você ta pensando que dentro do DPS existe um varistor, você está pensando certo. Alguns DPS têm uma proteção térmica, mas essa proteção térmica já é compensada no disjuntor termomagnético.
Então será que vale à pena investir num DPS sendo que o varistor é que faz o trabalho, levando em consideração que o DPS custa em média R$45,00 e um varistor está na faixa de R$1,00?
Como nem todo mundo conhece o varistor, aproveitarei para mostrar como se faz a leitura do mesmo.
Na figura temos um exemplo da epcos. Notem que a designação “S20” pode vir sozinha, com um traço abaixo ou com um traço acima. Isso significa, respectivamente, versão Standard, série avançada ou superior “R”. A letra K antes do número (que representa a tensão nominal do componente, no exemplo 275V) é a tolerância. Nesse caso temos: K=10%; L=15%; M=20%. Os números (0009) abaixo do traço significa a data de fabricação.

Obrigado à todos os leitores que estão sempre acessando. Em breve um artigo sobre Vista Ortogonal, aguardem!

7 comentários:

ValérioFreitas disse...

Muito bom seu blog. primeira vez que visito, e não será a ultima.
posso copiar seus arquivos postar adicionando os créditos (seus, é claro) pois estou finalizando um site de engenharia com informações, dicas, imagens, programas, links, detalhes em cad, 2 e 3d... e, por aí vai... caso tenha interesse entre em contato.
sds

Eu sou Cristiano Leal disse...

Bom dia esta foto dos DPS, IDR, E Dinjuntores está ligado de forma errada.
E a forma Certa e Ligar os DPS,com o
IDR Jampiados, e nunca Ligar os DPS
Com os Dijuntores.
Veja o Video no link, do Youtube:
http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=yCybE8GdB8M&NR=1

Eu sou Cristiano Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu sou Cristiano Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu sou Cristiano Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu sou Cristiano Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Osvaldo Mota disse...

Seu texto ficou incompleto. Quando você disse se vale a pena comprar um DPS. Mas no final não explicou se vale a a pena ou não. Quando você questiona algo é preciso explicação completa. As pessoa vão ler seu texto e vão ficar com dúvidas. "Vale a pena comprar ou não?" ele protege ou não?